Sistema permite concorrer a vagas na universidade com a nota do exame.


A Universidade de São Paulo prorrogou até o meio-dia de 31 de janeiro o prazo para os vestibulandos se inscreverem no Enem USP. O sistema permite que os alunos concorram a  uma vaga na universidade usando a nota obtida no Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) de 2022. Estão disponíveis mais de 2,9 mil vagas em diversos cursos, a maioria destinada a cotas sociais, para estudantes indígenas e negros.

Segundo a USP, o candidato pode concorrer a uma vaga em até três cursos de uma das áreas de conhecimento: ciências biológicas e da vida, ciências exatas e tecnológicas e ciências humanas e sociais.

Para participar do sistema Enem USP é necessário ter concluído o ensino médio em 2022 e ter feito a prova do exame. O processo de seleção substitui, na USP, o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), do governo federal. Segundo a universidade, o modelo foi escolhido para que os ingressantes possam seguir o calendário de matrícula do vestibular da USP, a Fuvest.