A emissora de Silvio Santos decidiu ir para a guerra contra Sheherazade e não aceitou a possibilidade de fazer um acordo com Rachel no processo trabalhista aberto em de março desse ano. A tentativa de encerrar o embate com uma conciliação foi da própria Justiça do Trabalho. A jornalista pede uma indenização de R$ 20 milhões.

O  juiz Ronaldo Luís de Oliveira, da 3ª Vara do Trabalho em Osasco, na Grande São Paulo, deu a oportunidade à emissora de resolver o caso de forma amigável, sem precisar ir aos tribunais.

Os advogados do SBT foram até a audiência sem qualquer proposta e apresentaram ainda novos documentos que contestam a ação que a jornalista move. 

Com isso, a disputa vai mesmo continuar nas instâncias judiciais entre o Sistema Brasileiro de Televisão e Sheherazade.

Agora, é só aguardar!

Deixe seu Comentário